O QUE HÁ DE NOVO?

Publicação recente: "Calendários e datas importantes em janeiro e fevereiro"

Projeto selecionado no âmbito do Concurso de Projetos do Concelho de Sintra 

Programa de Apoio à Qualidade nas Escolas (PAQUE). 

    Ao longo de dois anos letivos, a Dra. Cláudia Pinto e a Dra. Marina Barros (da Divisão da Educação e Juventude da Câmara Municipal de Sintra), o Professor Doutor Alfredo Dias (da Escola Superior de Educação de Lisboa) e o Dr. Paulo Sanches (em representação da DGEstE) irão acompanhar tecnicamente este projeto.

   Os meus agradecimentos à Direção do AGML e à CMS em nome da equipa docente interveniente no projeto e dos alunos que beneficiarão desta seleção.

12 de novembro de 2020

Fernanda Costa

Apresentação

  Este site pretende divulgar um Projeto de Português de Escrita Criativa concetualizado e implementado pela docente Fernanda Costa, em coadjuvação permanente nas turmas do 2.º ano de escolaridade do agrupamento de escolas Monte da Lua, no âmbito da autonomia e flexibilidade curricular - DAC.

Domínio de Autonomia Curricular - Alínea e) do Artigo 3.º e  Artigo 19, n.º 4 do Decreto-Lei 55/2018 de 6 de Julho 

O caminho sempre aberto...

- Poderia dizer-me, por favor, qual o caminho que devo tomar? - perguntou Alice.
- Isso depende, em larga medida, de para onde você quer ir - respondeu o Gato.

Lewis Carroll, Alice no País das Maravilhas

Pertinência do projeto

   Atendendo à emergência de saúde pública devido à situação epidemiológica da doença COVID 19, o Governo decretou um conjunto de medidas excecionais e temporárias, entre as quais a suspensão das atividades letivas e não letivas presenciais, a partir de 13 de março (Decreto-Lei n.º 10-A/2020). 

  O ensino à distância, implementado de forma imprevisível e repentina a tempo inteiro nas escolas, criou constrangimentos a vários níveis fazendo emergir assimetrias sociais existentes, o que se refletiu negativamente no processo de aprendizagem dos alunos, apesar dos esforços efetuados no sentido da inclusão de todos e da organização do trabalho pedagógico com a qualidade desejada, de modo a assegurar a continuidade do ano letivo de uma forma equitativa e o mais normalizada possível.  

   O distanciamento físico professor/aluno impôs limitações na construção de valores agregados ao processo educativo presencial, principalmente no que diz respeito à aplicação de metodologias consistentes de práticas pedagógicas e de avaliação dos alunos.

   Com base na reflexão efetuada pela comunidade educativa do agrupamento, no final do ano letivo, concluiu-se que, apesar de diversos aspetos positivos reconhecidos, a sublinhar - o esforço da Direção, dos docentes, de pais e alunos em concretizar as diretrizes do Ministério da Educação na prossecução de um ensino o mais estabilizado possível com o reforço de mecanismos e recursos educativos, apontou-se a insuficiência deste tipo de ensino na qualidade das aprendizagens dos alunos desta faixa etária, as quais deverão ser amplamente consolidadas no início do próximo ano letivo, principalmente, as referentes ao 3.º período.

    Assim, afigurou-se pertinente que esse reforço educativo se centrasse essencialmente na área de Português, uma vez que a dimensão linguística abrange a totalidade das disciplinas e repercute-se na aprendizagem das crianças em todos os domínios curriculares.

   Em contexto, com o Projeto de Escrita Criativa "Mostra a Língua" pretende-se, numa primeira fase, trabalhar os conteúdos curriculares do 3.º período do 1.º ano de escolaridade; numa segunda fase, coadjuvar o trabalho dos docentes titulares de turma em relação aos conteúdos curriculares do 2.º ano de escolaridade e promover, em toda a linha de intervenção, o gosto pela leitura e pela escrita nas crianças, invocando e desenvolvendo a imaginação e a criatividade numa perspetiva lúdico-pedagógica da aprendizagem através de metodologias dinâmicas e interativas de trabalho, estando sempre subjacente a ideia fundamental da melhoria do sucesso e da qualidade do sucesso dos alunos.

   As áreas de confluência e articulação curricular traduzem-se nas disciplinas de Português e de Apoio ao Estudo, num vetor de coerência dos objetivos propostos no projeto, concebendo respostas escolares específicas que mitiguem as desigualdades sentidas, com vista a que todos os alunos alcancem, dentro das possibilidades de cada um, as competências previstas no Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória.

   É também de salientar que este projeto concretiza alguns objetivos do Projeto de Intervenção 2020/2024 do Diretor, a saber: 

4. Principais eixos de intervenção da ação - objetivos, estratégias e calendarização:

- Objetivo 17 - Implementar projetos de flexibilização curricular como medida de promoção do sucesso escolar;

- Objetivo 20 - Plano de promoção do sucesso escolar - Pilar n.º 3 - Orientação dos resultados- Priorizar a qualidade de sucesso a Português no 1.º ciclo;

- Objetivo 21 - Plano de promoção do sucesso escolar - Pilar n.º 4 - Criação de rede de partilha. Promover a utilização de plataformas de comunicação para a diversificação do processo ensino-aprendizagem-avaliação e na partilha de todo o tipo de trabalho desenvolvido no âmbito da atividade profissional. Do ponto de vista documental interessa simplificar o acesso a múltiplos documentos essenciais tornando expedito o trabalho individual ou em grupo.

- Objetivo 25 - Plano de promoção do sucesso escolar - Pilar n.º 2 - Reorganização permanente das condições do processo ensino-aprendizagem - avaliação - Incentivar e promover parcerias de sala de aula.

  Julho de 2020

Documentos de suporte 

  • Diploma do Currículo dos Ensinos Básico e Secundário - Decreto-lei n.º 55/2018, 6 de julho - DAC
  • Projeto de Intervenção 2020/2024 do Diretor do Agrupamento
  • Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória
  • Aprendizagens Essenciais do 1.º e 2.º Ano de Escolaridade

Escolas envolvidas

  • Escola Básica Integrada de Colares
  • Escola Básica de Galamares
  • Escola Básica do Linhó - Turmas A e B
  • Escola Básica do Mucifal
  • Escola Básica da Portela de Sintra - Turmas A e B
  • Escola Básica de Ranholas
  • Escola Básica de São Pedro
  • Escola Básica de Sintra

Ponto de partida

1. Aferição da situação escolar de cada turma/aluno no final do ano letivo 2019/2020

  • Avaliação dos alunos do 2.º ano de escolaridade:

            - Ponto da situação de cada turma informado pelo respetivo docente;

            - Planos de Turma;

            - Pautas de avaliação do 3.º período;

            - Documento estatístico de turma e ano - EB135a.

2. Definição estratégica das necessidades pedagógicas das turmas - Conteúdos curriculares de Português

3. Estruturação do projeto de acordo com as reais necessidades dos alunos

4. Apresentação e aprovação do projeto - linhas orientadoras:

  • Reunião de Departamento do 1.º CEB - dia 13 de julho de 2020 
  • Reunião de Conselho Pedagógico - dia 21 de julho de 2020 

Objetivos Gerais 

  • Promover o gosto pela leitura e pela escrita.
  • Desenvolver a imaginação e a criatividade.
  • Consolidar conteúdos curriculares programados para o 3.º período do 1.º ano.
  • Implementar estratégias e metodologias ativas e diferenciadas, no âmbito da escrita criativa, de forma a serem cumpridos os objetivos priorizados nos domínios de Português das aprendizagens essenciais.
  • Envolver docentes, alunos e encarregados de educação das turmas do 2.º ano de escolaridade na implementação do projeto, direta e/ou indiretamente.
  • Proporcionar aulas motivacionais a todos os alunos das diferentes turmas, assim como apoio individualizado a alunos com maior dificuldade de aprendizagem - horário letivo da docente coadjuvante cumprido, na íntegra, diretamente com alunos.
  • Realizar diagnoses iniciais e intermédias que possibilitem a aferição do impacto do projeto nos alunos e consequente regulação do processo educativo.
  • Ativar recursos digitais de trabalho e ensino à distância: plataforma Teams - criação de um espaço com todos os docentes do 2.º ano para colocação de tarefas e atividades letivas que serão aplicadas aos alunos por intermédio dos respetivos docentes; site de divulgação do projeto, essencialmente na perspetiva formativa dos diferentes conteúdos; blogue de divulgação dos trabalhos realizados pelos alunos.
  • Desenvolver a consciência linguística (fonológica, morfológica, lexical, sintática, semântica,  textual-discursiva) com alguma metalinguagem elementar.
  • Promover as competências da escrita - escrever textos para a apropriação progressiva das dimensões gráfica, ortográfica e compositiva.
  • Promover momentos de auto e heteroavaliação dos alunos e do projeto.

Operacionalização 

• Calendarização do projeto:

   - Momentos de intervenção no âmbito das diferentes etapas

   - Horário semanal da disciplina em cada turma

• Inclusão do projeto nas planificações anuais/trimestrais e mensais do 2.º ano

• Elaboração de planificações semanais:

   - Objetivos específicos 

   - Estratégias/atividades

   - Metodologias de intervenção

   - Recursos humanos e materiais

   - Avaliação (hetero e autoavaliação) - Sempre que necessário

Diferenciação pedagógica (alunos com PRD e RTP - medidas universais, seletivas e adicionais) em articulação com os docentes de Apoio Educativo e de Educação Especial

Produtos esperados

  • Site de divulgação do projeto
  • Blogue de divulgação dos trabalhos dos alunos
  • Portefólio em suporte de papel ou digital das produções escritas dos alunos
  • Livros digitais temáticos
  • Outros produtos que surjam no decorrer da implementação do projeto

Avaliação 

• Dos alunos 

- Heteroavaliação (Diagnóstica/Formativa). Na avaliação sumativa efetuada pelos professores titulares de turma poderão ser integradas questões que cumpram objetivos do projeto no âmbito das aprendizagens essenciais.

- Autoavaliação

• Do projeto

- Avaliação e regulação do processo - Reuniões de coordenação do 2.º ano

- Elaboração de relatórios de avaliação do impacto do projeto no final de cada período letivo 

Base de sustentação: Objetivo 6 do Projeto de Intervenção do Diretor - Ajustar o momento da elaboração dos diferentes relatórios com os momentos adequados de reflexão.

O outro lado da questão...

CALENDÁRIO ESCOLAR

1.º Período - De 14/17 de setembro a 18 de dezembro de 2020

2.º Período - De 4 de janeiro a 24 de março de 2021  (Carnaval - 15/16/17 de fevereiro)

3.º Período - De 6 de abril a 30 de junho de 2021


DATAS COMEMORATIVAS NO ÂMBITO DO PROJETO

SETEMBRO

21 - Dia Internacional da Paz
25 - Dia Mundial do Sonho

OUTUBRO

4 - Dia Internacional do Poeta
5 - Dia da Implantação da República
9 - Dia Mundial dos Correios
16 - Dia Mundial da Alimentação
26 - Dia da Biblioteca Escolar
28 - Dia Mundial da Terceira Idade
31 - Dia das Bruxas - Halloween

NOVEMBRO

8 - Dia Internacional do Trava-línguas
11 - Dia de São Martinho - Magusto
15 - Dia do Escritor Preso
24 - Dia Nacional da Cultura Científica

DEZEMBRO

1 - Dia da Restauração da Independência
10 - Dia Internacional dos Direitos Humanos
25 - Natal (comemoração na última semana do 1.º Período)

JANEIRO

6 - Dia de Reis
23 - Dia da Escrita à Mão
30 - Dia Escolar da Não Violência e da Paz
31 - Dia Mundial do Mágico

FEVEREIRO

14 - Dia do Amor (Namorados)
16 - Carnaval

MARÇO

15 - Dia da Declaração Universal dos Direitos à Leitura e à Informação
19 - Dia do Pai
20 - Dia Internacional do Contador de Histórias 
21 - Dia Mundial da Árvore e da Poesia
22 - Dia Mundial da Água
26 - Dia do Livro Português (Comemorar no dia 24 - último dia do 2.º Período)

ABRIL

4 - Páscoa (comemoração na última semana do 2.º Período)
15 - Dia Mundial da Arte
23 - Dia Mundial do Livro 
25 - Dia da Liberdade

MAIO

2 - Dia da Mãe
5 - Dia Mundial da Língua Portuguesa
15 - Dia Internacional da Família
22 - Dia do Autor Português
28 - Dia Internacional do Brincar

JUNHO

1 - Dia da Criança
5 - Dia Mundial do Ambiente
10 - Dia da Língua Portuguesa e de Portugal

DATAS IMPORTANTES EM SETEMBRO

DATAS IMPORTANTES EM OUTUBRO

DATAS IMPORTANTES EM NOVEMBRO

DATAS IMPORTANTES EM DEZEMBRO

DATAS IMPORTANTES EM JANEIRO 

DATAS IMPORTANTES EM FEVEREIRO

Mostra mais!